como se tornar social media freelancer? 6 dicas que você precisa conferir!

Quem é apaixonado por redes sociais pode encontrar nesse meio um caminho interessante para trabalhar como freelancer. Atualmente, praticamente todas as marcas e profissionais trabalham uma imagem em canais digitais, portanto, esse é um ramo com alta demanda. Se você não sabe como se tornar um social media freelancer e deseja descobrir, está no lugar certo.


Neste artigo, te ajudaremos a entender como começar nessa carreira e abordaremos as principais dúvidas. Continue a leitura para conferir todas as informações!




O que faz um social media freelancer?


O social media freelancer é responsável pelo gerenciamento das redes sociais de marcas ou pessoas. Trata-se de um trabalho complexo e robusto, com várias responsabilidades além de “postar uma foto”. Confira o que este profissional faz:


  • criação de uma estratégia para as redes sociais do cliente de acordo com os objetivos e a persona do negócio;

  • criação e compartilhamento de conteúdos que sejam capazes de sanar as dores e necessidades da persona;

  • manutenção do relacionamento com os seguidores do cliente por meio de interação nos comentários e mensagens privadas;

  • mensuração de resultados por meio da análise de métricas.


O social media freelancer pode atender vários clientes ao mesmo tempo, o que é uma diferença e, em muitos casos, uma vantagem em comparação com aqueles que têm um vínculo empregatício com uma empresa específica.


Como se tornar um social media freelancer?


Agora que você já sabe o que faz um social media freelancer, chegou a hora de conferir o passo a passo para atuar nessa área como profissional autônomo:


1. Faça todas as formalizações necessárias


Antes de qualquer coisa é preciso realizar todas as formalizações para poder trabalhar como freelancer. Para os iniciantes, é recomendado abrir um MEI (Microempreendedor Individual), que é bem menos burocrático do que outros tipos de empresas. É possível fazer tudo online, mas fique atento em relação às especificações e limites, como o faturamento anual, que não pode ultrapassar R$81 mil.

 

Leia também: 5 dúvidas comuns sobre a formalização do trabalho freelancer

 

Além disso, também é recomendado emitir notas fiscais para o seu cliente para transmitir maior profissionalismo e para as questões relacionadas ao imposto de renda. Nesse caso, é recomendado seguir as orientações de acordo com o seu município, pois em cada cidade há um processo diferente para conseguir a liberação para emitir as notas fiscais.

2. Estude sobre a área

Um ponto muito importante é estudar sobre social media. Por ser uma área que está sofrendo constantes transformações de acordo com as mudanças promovidas pelas redes sociais, é fundamental estar sempre conectado às novidades.

Alguns exemplos do conhecimento que o profissional de social media precisa dominar: tendências no mercado, cases de sucesso, estratégia e planejamento, análise de métricas etc.

Caso o seu objetivo seja se especializar em algum segmento, vale procurar por cursos e profissionais específicos que sejam mais focados. A qualificação é muito importante para transmitir credibilidade aos seus potenciais clientes.

3. Defina o seu perfil de clientes

Antes de iniciar a prospecção, é recomendado refletir sobre o perfil dos clientes que você gostaria de atender. Nessa hora, sugerimos que você se faça perguntas como:

  • Quais segmentos me interessam mais?

  • Prefiro trabalhos fixos ou pontuais?

  • Gosto mais de trabalhar com grandes marcas ou empreendedores?

É claro que talvez você não tenha todas as respostas logo de cara e o único jeito de compreender os caminhos mais adequados seja testando. Aos poucos você irá entender qual é o perfil de cliente que mais te agrada.

4. Crie um portfólio

Ter um portfólio é fundamental para qualquer freelancer. Trata-se de um site no qual você irá centralizar as principais informações sobre a sua trajetória, experiência profissional, clientes atendidos e exemplos de trabalho.

Sempre que realizar uma prospecção ativa, é recomendado enviar o link do portfólio para o cliente te conhecer melhor. É uma ferramenta fundamental para transmitir credibilidade e confiança.

 

Leia também: Portfólio para freelancers: por que e como fazer o seu?

 

Além do site, uma ótima forma de se vender como social media freelancer é garantindo a excelência nas suas próprias redes sociais, pois elas funcionam como uma vitrine do seu conhecimento na área. Caso você esteja começando e ainda não tenha projetos para colocar no seu portfólio, crie canais próprios para demonstrar a qualidade do seu trabalho.


5. Crie estratégias de prospecção de clientes

A prospecção de clientes é uma das partes mais difíceis da vida autônoma, pois pode oscilar bastante. Existem várias formas de conseguir mais trabalhos, mas tenha em mente que o começo acaba sendo um pouco mais complicado. E mesmo quando você já estiver estabelecido, podem ocorrer períodos de baixa.

Há duas maneiras de fazer prospecção: ativa e passiva. A ativa é quando você vai atrás dos seus clientes e a passiva é quando eles chegam até você. Para saber mais sobre ambas, recomendamos a leitura destes artigos:

6. Faça networking

Por fim, não podemos deixar de falar sobre o networking, que é fundamental para qualquer profissional autônomo crescer. Hoje em dia, todo mundo conhece alguém que precisa de um social media freelancer, por isso, garantir bons contatos é fundamental.


Desde os seus ex-colegas de trabalho, até amigos da faculdade e profissionais que você conhece via indicação ou por meio do LinkedIn. Não tenha medo de convidar pessoas da sua área para tomar um café e trocar conhecimento, pois assim podem nascer grandes parcerias.


Ir a eventos presenciais da sua área também é muito indicado para conhecer mais profissionais que podem precisar dos seus serviços ou te indicar para oportunidades. Além disso, é uma maneira de se manter atualizado no mercado.


Quer decolar a sua carreira freela? Faça a nossa aula pocket!

A aula pocket online e gravada do Universo Freela, "Conquistando meus freelas", engloba tudo o que os freelancers precisam aprender sobre como atrair clientes e fechar ótimos negócios. É ideal para quem está começando ou quem precisa renovar as suas estratégias de prospecção. Confira o que você vai aprender:

  1. Desmistificando a vida freela

  2. Aprendendo a definir seus serviços

  3. Aprendendo a definir seu perfil de clientes

  4. Como cobrar pelo seu trabalho sem medo

  5. Como criar um portfólio impossível de ser ignorado

  6. Dicas para profissionalizar sua imagem como freela

  7. Como prospectar clientes

  8. Dicas para fazer os primeiros contatos com o cliente

  9. Aprendendo a criar uma proposta e negociar

  10. Dicas de modelos de contratos

  11. Como fortalecer o vínculo com o seu cliente

Para saber mais e garantir a sua vaga, acesse a página da aula e inscreva-se agora mesmo por apenas R$119,00: o acesso é vitalício e você tem acesso a diversos materiais complementares!


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo